RESENHA: Invisíveis - Stef Penney

Invisíveis
Autora: Stef Penney
Editora: Intrínseca
Ano: 2012 (lançamento)
Sinopse: Quando Rose se casou com o atraente Ivo Janko, integrante de uma família de ciganos nômades, muitos se perguntavam o que os dois tinham em comum. Rose é quieta e tímida. Ivo é taciturno, porém carismático. Depois que ela desapareceu, boatos diziam que ela fugira por causa de um filho que nasceu com o problema genético da família. Mas o pai de Rose, Leon, não tem tanta certeza disso. Ele quer saber a verdade e contrata um detetive particular para descobri-la. É aí que entra Ray Lovell, um detetive, que embora pouco renomado, tem a vantagem de ser descendente de ciganos. Lovell concorda em pegar o caso. No entanto, sete anos após o desaparecimento de Rose, ele teme que tenha se passado tempo demais. Além disso, sua investigação é dificultada pelas únicas pessoas que poderiam ajudá-lo: a família Janko. Trata-se de um clã fechado, e a última coisa que desejam é um estranho se metendo em seus assuntos particulares. Ray não consegue entender a relutância deles em ajudar. Qual é o motivo de não quererem que Rose Janko seja encontrada?

Acho a que a sinopse explica bem.
A narrativa é feita em primeira pessoa e se alterna entre Ray e JJ, sobrinho de Ivo (ex-esposo de Rose). Muito interessante! Se analisar bem, o intuito disso é colocar o leitor em dois panoramas diferentes: o de dentro da família (JJ) e o de fora (Ray), o que aumenta o suspense.
Os costumes ciganos são pouco abordados. O que interessa para a história é que as esposas que abandonam seu lar não são procuradas pela vergonha e humilhação que isto causa, o que acaba atrasando a investigação em longos seis anos.
Outro fato interessante é que as peças do quebra-cabeça são bem distribuídas durante o enredo, agradando a dois tipos de leitores: os que não juntam os pedaços e gostam de se surpreender com as reviravoltas e os que tentam desvendar o mistério ao longo da história, que é o meu caso. A minha teoria já estava montada bem antes do final do livro, de modo que não me surpreendi muito com o que aconteceu; todavia, isto não tira a qualidade dele. É aquele romance que tem ares de sobrenatural, mas todas as partes envolvidas são bem reais, só não foram explicitadas adequadamente.
As personagens são bem complexas, seus dramas tornam mais fácil que as peças acima descritas sejam colocadas como que por acaso.
O trabalho da editora está mais que impecável. Atenção especial ao material das páginas, muito agradável à leitura e ao toque.
Só não achei título e capa muito adequados ao enredo, mas essa é uma opinião pessoal.
Em suma, história incrível. Um dos melhores livros que li. Recomendado!


A Autora
STEF PENNEY nasceu e cresceu em Edimburgo. Após se graduar em filosofia e teologia pela Universidade de Bristol, decidiu mudar de área e estudou cinema e TV na Bournemouth College of Art. Ainda na graduação, foi selecionada pelo Carlton Television New Writers Scheme e desde então escreveu e dirigiu dois curta-metragens. Seu primeiro romance, The Tenderness of Wolves, tornou-se best-seller mundial e recebeu diversos prêmios. Stef vive em Londres.

Agradeço à Editora Intrínseca pelo exemplar.


Sobre a Autora:
Ana Carolina Nonato cursa Ciência da Computação na Universidade de São Paulo (USP), mais especificamente no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) em São Carlos. Leitora assídua desde os 3 anos de idade, os livros são seus maiores amores na vida juntamente com o Cinema (antigo) e o bom e velho rock 'n' roll.


Gostou? Receba as publicações por e-mail!
Digite seu e-mail:


Delivered by FeedBurner

Share this:

COMENTÁRIOS

2 comentários:

  1. Esse livro não faz muito meu estilo, aninha! Mas gostei dos seus comentários, viu?! Para quem gosta é uma boa pedida!

    Feliz 2013!

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  2. Olá, Mi!


    Ah, não tem problema! É muito bom que tenhamos os nossos estilos, eles nos ajudam a sonhar dentro dos mundos em que mais somos felizes! \o/ Sim, filosofei lega, hahahaha.

    Feliz 2013, diva!!

    ResponderExcluir