RESENHA: O Perfume, A História de um Assassino - Patrick Süskind

O Perfume, A História de um Assassino
Título original: Das Parfum, die Geschichte eines Mörders
Autor: Patrick Süskind
ISBN: 8501027766
Páginas: 219
Editora: Estadão
Ano: 1997
Palavra-chave: Literatura Alemã
Sinopse: França, século XVIII. O recém-nascido Jean-Baptiste Grenouille é abandonado pela mãe junto a restos de peixes em um mercado parisiense. Rejeitado também pela natureza, que lhe negou o direito de exalar o cheiro característico dos seres humanos, pelas amas-de-leite e por instituições religiosas, o menino Grenouille cresce sobrevivendo ao repúdio, a acidentes e doenças. Ainda jovem descobre ser dotado de imensa sensibilidade olfativa e parte em busca da essência perfeita, do perfume que lhe falta para seduzir e dominar qualquer pessoa. Nessa busca obsessiva, ele usurpa a essência dos corpos de suas vítimas.

Enredo
• Espaço: muito bem ambientado e descrito pelo autor. Extremamente necessário para o desenvolvimento da personagem principal.
• Tempo: totalmente determinado como a sinopse pode comprovar. A economia, sociedade e costumes da época confirmam a "data" estipulada.
• Personagens: aspecto mais importante do livro ao se analisar Grenouille e sua personalidade impactante e inquietante. As outras personagens são secundárias e bem pouco aprofundadas, algo bem próximo do modo como o próprio garoto (e, posteriormente, o homem) as vê. A dualidade "arte"-frieza do assassino é outro aspecto pessoal de Grenouille que o torna tão intrigante.
• Criatividade: muito criativo! Não há registros de uma história com estes elementos e, mesmo que houvesse, não seriam nada se comparados ao modo como Süskind construiu a história.
• Andamento do enredo: tem um andamento médio, mas perfeitamente sincronizado com os outros aspectos do mesmo, colaborando para o suspense que a história traz em muitos momentos.
• Início, meio e fim: O início da história é uma breve introdução ao modo como Grenouille nasceu e aos motivos primários de sua personalidade, bem como seu dom excepcional de olfato. O meio do livro já mostra um Grenouille crescido e seus primeiros assassinatos, a genialidade de sua mente juntamente com a "crueldade" da mesma são densos e penetram na mente do leitor de uma maneira peculiar. O final mostra a ascensão máxima do homem e tem um desfecho surpreendente. Muito diferente dos romances policiais usuais, Süskind mescla emoções, sensações, mortes e vida em cada ato do assassino. Impactante.


Estrutura "Artística"
• Capa: Esta figura de capa foi perfeitamente escolhida. As rosas representam o aroma; a mulher, de forma misteriosa, o assassinato. Bem pertinente à história.
• Diagramação: fixa, confere organização.
• Fontes: de tamanho razoável, de fácil leitura e que não cansam o leitor.
• Sinopse: é muito boa. Conta partes da história sem entregar demais ao mesmo tempo que instiga o leitor a descobrir a "essência" do assassino e seus motivos. Entretanto, poderia ter sido melhor elaborada para criar ainda mais uma aura de mistério que intrigaria o leitor.
• Enredo: a ordem das palavras e a escolha das mesmas são cruciais para a construção do suspense.

Estrutura Física (Materiais)
• Capa: Material resistente, embora mais suscetível à vinco e amassados.
• Páginas: Cor amarelada diminui a reflexão da luz e, portanto, não cansa em demasia o leitor. Material agradável ao toque, de cheiro agradável e de resistência média aos imprevistos do dia-a-dia.

Análise
Enredo (x2): 4,75 (muito bom);
 • Espaço (x2): 5 (ótimo);
 • Tempo (x2): 5 (ótimo);
 • Personagens (x2): 5 (ótimas);
 • Criatividade (x1): 5 (ótima);
• Andamento do enredo (x2): 5 (ótimo);
• Início, meio e fim (x3): 4 (muito bom);

Estrutura Artística (x1): 4,44 (muito boa);
 • Capa (x1): 5 (ótima);
 • Diagramação (x1): 5 (ótima);
 • Fontes (x2): 5 (ótimas);
 • Sinopse (x2): 4 (muito boa);
• Enredo (x3): 4 (muito bom);

Estrutura física (x1): 4,67 (muito boa);
 • Capa (x1): 4 (muito boa);
 • Páginas (x2): 5 (ótimas);

Nota final: [2.(4,75) + 4,44.1 + 4,67.1]/4 = 4,65



Gostei da obra?
Simplesmente amei! Grenouille me fez refletir pelo menos uma semana depois de o ter lido. A profundidade psicológica dele é impressionante. É como uma obra de arte com imagens fortes: apesar do caos, da crueldade, há uma beleza inimaginável ali. Grenouille, para mim, chega a ser uma obra de arte de tão bem "criado" como foi. Além disto, a forma como Süskind escreveu o livro - diferente de tudo o que eu já tinha lido... Depois dele, nunca mais pararei de buscar a literatura alemã. Recomendadíssimo a todos!

O Autor

Nascido em Amsbach, na Baviera, Alemanha, no dia 26 de março de 1949,o filho do escritor e jornalista W. E. Süskid, Patrick Süskind estudou História Moderna e Medieval na Universidade de Munique e, em Aix-em-Provence, na França. Publicou primeiramente alguns contos, entre eles: “Uma Batalha” – incluído em uma antologia, A Pomba, em 1979. Mas foi “O Perfume”, lançado em 1985, seu primeiro livro de sucesso, seguido por “ A História do SR. Sommer” de 1991 e, em 1995, “Três Histórias”. Outro trabalho que lhe deu fama foi o monólogo dramático “O Contrabaixo”.

Muito pouco se sabe sobre a vida de Süskind, que é considerado uma das pessoas mais retraídas do cenário literário alemão. Süskind evita até mesmo noites de autógrafos e não é muito simpático à ideia de transformar seus livros em filme


Esta resenha faz parte do Um Desafio Realmente Desafiante. 





Share this:

COMENTÁRIOS

6 comentários:

  1. Adorei a sua resenha e fiquei curisissima para ler este livro!!! è bem o gênero que eu gosto, ainda mais sendo de época na Europa :)))
    Podia rolar um sorteio dele em breve,né?

    Beijoooos

    ResponderExcluir
  2. Não leria esse livro, sei lá aushaush

    ResponderExcluir
  3. Ana!
    A imaginação do autor em criar um persogem que vive em função do cheiro é fantástica. Adoro cheiros e li esse livro, assisti o filme... o livro é melhor, a meu ver.
    Acho interessantíssimo o livro e a resenha está ótima.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Fiquei bem interessada na leitura...\o/....seu entusiasmo foi tamanho que vai deixar curioso qualquer leitor.
    Beijokas Elis

    ResponderExcluir
  5. Gostei da sua analise!

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, não sei se compraria, mas amei a capa e por ela acho que ele vira para casa!
    Adoro livros que são mais tensos!
    =)

    Boa Escolha para Janeiro e bos sorte com fevereiro!

    Bjinhos
    Psiu!
    Silêncio Que Eu To Lendo!!

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é fantástico!Intenso!Você consegue até sentir os cheiros descritos!Vale a pena lê-lo e também assistir ao filme - muito fiel ao livro! Ambos 100% recomendados!

    ResponderExcluir