RESENHA: Virada no jogo - Como Obama Chegou a Casa Branca - John Heilemann, Mark Halperin

Virada no Jogo
Título Original: Game Change
Autor: John Heilemann, Mark Halperin
ISBN: 978-85-8057-095-3
Páginas: 464
Editora: Intrínseca
Revisão: Milena Vargas
                Elisa Nogueira
Ano: 2011
Palavras-chave: Literatura Adulta.
Sinopse: Em 2008, a eleição presidencial americana atraiu a atenção do mundo inteiro, com reviravoltas dignas de uma obra de ficção. No entanto, a história por trás da corrida à Casa Branca ainda estava para ser contada. Em Virada no jogo, John Heilemann e Mark Halperin se valem de um privilegiado acesso aos meios políticos para revelar o que de fato se passou nos bastidores da disputa pela presidência dos Estados Unidos, desvendando os segredos da campanha de 2008. Com base em centenas de entrevistas, Virada no jogo é um tour de force jornalístico que pode ser lido como um romance de ritmo frenético. É a narrativa definitiva, às vezes chocante e não raro hilariante, de uma campanha presidencial que entrou para a história.


Introdução 
"Virada no Jogo" é um trabalho jornalístico que retrata a ascensão de Barack Obama à presidência dos EUA (eleição de 2008) e acontecimentos relacionados, como fatos e frases de personalidades envolvidas (chefes de campanha, pré-candidatos, além dos próprios candidatos). Há vários quesitos a serem comparados; todavia, esta obra não-ficcional tem outros aspectos que fogem da natureza original e que serão explicitados e determinados no quesito "Enredo".

Espaço
Apesar de ser uma obra jornalística, possui alguns aspectos semelhantes à literatura ficcional; o trato que é conferido ao espaço, portanto, é de relevante importância. O espaço é descrito de forma concisa completa, não tirando o foco dos aspectos principais, mas conferindo-lhes veracidade.

Tempo
O tempo é bem determinado (principalmente pela proposta do livro - é jornalístico, precisa de datas exatas para situar o leitor), característica muito bem explorada e que não altera o toque narrativo ficcional.
Personagens
As personagens aqui são muito reais e bem caracterizadas - em muitos trechos elas participam ativamente da obra, colaborando com seus testemunhos. O fato de se assemelhar a um romance só contribui para uma maior ligação entre leitor e história.

Enredo
Parte mais importante desta obra. O enredo é instigante do começo ao fim. Primeiramente pela temática (todos podem ser lembrar das eleições de 2008 - o mundo inteiro torceu e acompanhou a ascensão de Barack Obama); segundo, pelo modo como foi escrito. Não é uma compilação de fatos atrás de fatos, e sim uma sequência lógica e trama viciante que o leitor pode acompanhar de perto, como se realmente estivesse nos bastidores observando cada movimento, cada acontecimento importante retratado no livro. Mais que sanar a curiosidade de milhões e informar, torna esta campanha uma aventura muito mais profunda que se poderia imaginar. Um dos enredos mais bem trabalhados no gênero. Quanto a aspectos estruturais, não apresenta erros de digitação ou de ortografia, e apresenta uma simbologia própria que demonstra os sentimentos de cada uma das fontes e de seus relatos. Impactante.

Estrutura "Artística"
• Capa: Esquema de cores chamativo, mas que demonstra a seriedade da proposta.
• Diagramação: muito bem feita. Os capítulos são muito bem feitos, com esquema de parágrafos caprichado, bem espaçados entre si.
• Fontes: permite a leitura agradável sem abrir mão da sofisticação.
• Sinopse: ao contrário da maioria das sinopses, esta não entrega muito ao mesmo tempo em que entrega tudo. A temática e aonde a história vai chegar já é de conhecimento do público; esta parte a sinopse entrega completamente. Como a história pretende aprofundar este tema, a sinopse acaba por não entregar nada, ao mesmo tempo em que instiga o leitor.

Estrutura Física (Materiais)
• Capa: embora seja um material mais propenso a amassados, é resistente a rasgos e manchas e também confere maior seriedade em sua simplicidade.
• Páginas: cor amarelada reduz a reflexão da luz, evitando a fadiga ocular excessiva. Material resistente, de suporte médio aos imprevistos (como sudorese das mãos).

Recomendações
Trata-se como literatura adulta pela abordagem que possui (melhor compreendida por pessoas mais velhas e instruídas). Exceto isto, é recomendado a todos.
Análise
Espaço: 5 (ótimo)
Tempo: 5 (ótimo)
Personagens: 5 (ótimos)
Enredo: 5 (ótimo)
 • Conformidade do enredo com a classificação: 5 (ótima);
 • Aspectos ortográficos: 5 (ótima)
 • Linguagem em conformidade com a classificação: 5 (ótima);
Estrutura Artística: 5 (ótima)
 • Capa: 5 (ótima);
 • Diagramação: 5 (ótima)
 • Fontes: 5 (ótimas)
 • Sinopse: 5 (ótima)
Estrutura física: 4,50 (arredonda-se para 4 - muito boa).
 • Capa: 4 (muito boa)
 • Páginas: 5 (ótimas)

Nota final:  4,9



Gostei da obra?
Muito!!! Foi uma leitura incrível. Eu jamais poderia imaginar que gostaria tanto. É, no mínimo, bombástico! Um dos melhores livros que li este ano. De uma qualidade excelente!
Obrigada à Editora Intrínseca pelo exemplar.



Share this:

COMENTÁRIOS

5 comentários:

  1. Oi Ana!

    Como historiadora, tenho uma curiosidade enorme com esse livro. Não se pode negar que Obama mudou a cara da política mundial e trouxe os holofotes para um grupo que é totalmente excluído das decisões políticas - os negros, que ironicamente compõem a maioria da população mundial.

    B-jusssss! ♥

    ResponderExcluir
  2. Nossa!
    Esse livro deve ser bem interessante. Adoro livros que contem as histórias e biografias das pessoas e essa do Obama deve ser fantática.
    Obrigada por resenhá-lo.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Poxa, eu não tava dando nada por esse livro hein. Até pq não sou mto fã de biografias e tal.
    Mas a resenha me fez mudar de ideia. Ainda bem né?! ;)
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Esse livro realmente parece ser mt bom, eu amo os livros que falam de coisas reais, e o tema desse então, falar do Obama e a história dele na presidência, deve ser bem interessante mesmo.
    Quero mt ler.

    Bjok

    ResponderExcluir
  5. O livro é fantástico, especialmente por nos ensinar como se pode perder grandes chances, ou a maior de sua vida, por subestimar a capacidade de seus concorrentes. Obama estava muito acima, apesar de pouca experiência, dos seus adversários. Leiam o livro.

    ResponderExcluir