RESENHA: Como Navegar em Uma Tempestade de Dragão - Cressida Cowell

Como Navegar em Uma Tempestade de Dragão
Título Original: How to Ride a Dragon's Storm
Autora: Cressida Cowell
ISBN: 978-85-8057-119-6
Páginas: 271
Editora: Intrínseca
Revisão: Elisa Nogueira
                Viviane Diniz
Tratamento e Adaptação das Ilustrações: Ô de casa
Tradução: Raquel Zampil
Ano: 2011
Palavras-chave: Literatura Infanto-Juvenil Inglesa; Dragões.
Sinopse: Soluço Spantosicus Strondus III foi um Viking extraordinário e um chefe guerreiro respeitado. Observando sua infância, porém, era difícil acreditar que um dia isso iria acontecer.
Na série Como treinar o seu dragão, Soluço conta sua trajetória: de um menino magricela e desengonçado a um verdadeiro Herói.
Na sétima aventura da série, Soluço terá exatos três meses, cinco dias e seis horas para descobrir a América, encontrar o caminho de volta a Berk, salvar o pai, derrotar as Serpentes-polares e ainda vencer a Competição Amistosa de Nado Intertribal. Será que ele vai conseguir? O relógio está correndo.
Com aventura, ação, muito humor e ilustrações divertidíssimas, a receita do sucesso de Como treinar o seu dragão é seguida à risca no novo livro da série. Crianças, jovens e adultos que já conhecem Soluço e o dragão Banguela não vão querer perder essa nova história.

Introdução 
"Como Navegar Em Uma Tempestade de Dragão" é o sétimo livro da série infanto-juvenil Como Treinar o Seu Dragão, da autora inglesa Cressida Cowell. Nesta aventura, Soluço deverá cumprir várias metas em apenas três meses, cinco dias e seis horas (como explicitado na sinopse). Algumas características das literaturas infanto-juvenis são aqui lembradas (serão utilizadas como parâmetro de comparação):
- Linguagem simples, compreensível e divertida;
- Ilustrações de fácil compreensão e divertimento em um número razoável de ocorrências;
- Descrições espaciais e temporais concisas;
- Personagens próximos da realidade e com complexidade psicológica pequena a intermediária;
- Dinâmica das ações equiparando-se ou superando a importância da complexidade das personagens;
- "Química" forte entre todos os parâmetros acima;
- Ganchos médios no início e no fim do livro (principalmente, já que não é necessário ler na ordem).

Espaço
Não se passa em um lugar apenas, tem passagens em vários outros locais. Em relação ao parâmetro "espacial" acima, é perfeitamente encaixável: há uma determinação suficiente das paisagens, não tornando a leitura cansativa.

Tempo
A história se passa em tempos longínquos (principalmente pelo fato de serem memórias perdidas e do tempo dos Vikings!). Tem uma importância significativa no enredo, justificando as "tecnologias" da época de uma forma simples e concisa, sem inconformidades, tornando a leitura linear.

Personagens
Soluço é o mais completo (principalmente por ser o personagem principal), mas esta complexidade é muito próxima em relação aos outros personagens. Ou seja: não há grandes dramas psicológicos no enredo, apenas alguns traços perceptíveis e que não cansam o leitor (literaturas psicológicas tendem a desgastar mais rapidamente e de forma mais intensa que as demais). Soluço, Banguela e Norberto são um capítulo à parte (cada um mais engraçado que o outro). Apesar do tempo em que vivem, muitos dos aspectos destas e das outras personagens são muito semelhantes aos de uma criança/adolescente dos dias de hoje (cria uma espécie de laço entre o leitor e a personagem).

Enredo
Quanto ao parâmetro Linguagem, está em conformidades. A escrita de Cressida é uniforme, sem erros ou inconvenientes, mas também não deixa de ser divertida e simples, compatível com todos os públicos almejados. A dinâmica de ações também é muito importante e bem tratada neste livro, auxiliada e aumentada pelo "tempo determinado" em que Soluço deverá cumprir suas metas, conferindo adrenalina ao livro (principalmente da metade para o fim). Os parâmetros acima têm uma química entre si, mas não a máxima possível. Algo faltou para que eles se combinassem de modo definitivo e seguro.
Quanto aos ganchos, eis um aspecto negativo. Para quem nunca leu os livros anteriores, há algumas passagens em que a leitura se torna superficial (principalmente pelo não contato prévio). Não é algo que estrague a leitura, mas muda o jeito com que o leitor vê e aprecia a história.
Em aspectos ortográficos, o livro não possui qualquer tipo de erros de digitação e/ou de gramática.

Ilustrações
Muito bem posicionadas durante a história. Auxiliam o leitor (principalmente o mais novo, que não tem conhecimento histórico de vestimentas, habitações e etc dos vikings e povos afins) a situar-se e imaginar as passagens. São feitas em forma de relato amador também - como se fossem à lápis, aparentemente sem técnica e sem coloração. Também possuem um tom cômico e irônico que torna o enredo mais divertido.

Estrutura "Artística"
• Capa: Desenhos muito coloridos e com riqueza de detalhes são um ponto chamativo e mais que positivo para a história.
• Diagramação: é variada, dependendo do contexto e das ilustrações que contém, o que torna a leitura muito mais dinâmica;
• Fontes: de tamanho razoável, de fácil leitura e que não cansam o leitor. A dinâmica das fontes (mudam de acordo com a intenção do interlocutor) possibilitam um maior entrosamento história-leitor.
• Sinopses: A sinopse acima é de venda, portanto entrega mais da história e é perfeita para quem já leu os outros livros. Já a sinopse contida no livro
 Soluço tem três meses, cinco dias e seis horas para descobrir a América, voltar a Berk, salvar seu pai, derrotar as Serpentes-polares e vencer a Competição Amistosa de Nado Intertribal. Será que ele vai conseguir???
é boa para quem não leu os outros, já que revela um pouco da história sem estragar as surpresas que pode conter.

Estrutura Física (Materiais)
• Capa: Material resistente, com poucas chances de dano, alto relevo em algumas ilustrações. Boa impressão. Marca páginas se desgasta muito, não cumpre de forma satisfatória seu papel.
• Páginas: Cor amarelada diminui a reflexão da luz e, portanto, não cansa em demasia o leitor. Material agradável ao toque, de cheiro agradável e de resistência média aos imprevistos do dia-a-dia.

Recomendações
A todos os públicos. Como Navegar em Uma Tempestade de Dragão possui todas as características de uma leitura leve e divertida e irá entreter pais e filhos, adultos, jovens e crianças. Recomendado!

Análise
Espaço: 5 (ótimo)
Tempo: 5 (ótimo)
Personagens: 5 (ótimos)
Enredo: 4 (muito bom)
 • Conformidade da história com a classificação: 5 (ótima);
 • Aspectos ortográficos: 5 (ótima)
 • Ganchos durante o enredo: 3 (bons)
 • Química entre os parâmetros: 3 (boa)
 • Linguagem em conformidade com a classificação: 5 (ótima);
Ilustrações: 5 (ótimas)
Estrutura Artística: 4,50 (arredonda-se para 4 - muito boa)
 • Capa: 5 (ótima);
 • Diagramação: 5 (ótima)
 • Fontes: 5 (ótimas)
 • Sinopse: 3 (boa);
Estrutura física: 3,50 (arredonda-se para 3 - boa).
 • Capa: 4 (muito boa)
 • Páginas: 3 (boas)

Nota final: 4,4 (aproximadamente)


Gostei da obra?
Se gostei! Não li os outros livros da Cressida, então fiquei um pouco perdida em algumas passagens, mas achei este livro fenomenal! Gostei muito e mal posso esperar para ler os outros. Uma leitura deliciosa do início ao fim!

A Autora
Cressida Cowell cresceu em Londres e em uma pequena ilha despovoada ao largo da costa oeste da Escócia, tinha apenas oito ou nove anos quando começou a escrever histórias sobre os vikings e dragões. Quando saiu da escola, foi para a universidade para estudar Inglês, e em seguida para a Faculdade de Arte, onde tem Graduação em Design Gráfico e Ilustração. Para o seu projeto final na escola de Arte, criou um livro para crianças chamado "Little Bo Peep's Library Books", e esse seu primeiro livro foi publicado pela Editora Hodder Childrens em 1998. A partir desse, ela escreveu muitos outros.

Obrigada à Editora Intrínseca pelo exemplar.



Share this:

COMENTÁRIOS

4 comentários:

  1. Puxa q legal esse livro! eu ainda não li essa série,mas ouvi falar muito bem..adorei os nomes soluço,banguela?? kkk o fato de ser uma leitura leve é muito bom,afinal estamos num periodo de férias então nada de climas muito tensos...e q resenha Ana!!! super 10! toda profissional,enrredo,ilustrações,personagens...q xique!! ta lindoooo seu Blog bjos

    ResponderExcluir
  2. Ana!
    Tenho a maior vontade de ler essa coleção, acho fantástica e após sua resenha desse livro, fiquei ainda mais curiosa.!
    cheirinhos
    rudy

    ResponderExcluir
  3. Também não tive a oportunidade de ler a série ainda. Mas.. to me rendendo, pq parece ser muito boa! :D
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha Ana,
    Eu sou apaixonada pelo soluço, mas até hj só li Como treinar um dragão (e vi o filme tbm), e simplesmente amei.
    Adorei a forma como a Cressida escreve e tbm amei as ilustrações do livro.
    Quero ler o restante.

    Bjok

    ResponderExcluir