RESENHA: Estrela Pier - Kamila Denlescki

Estrela Píer - O tempo, a chuva, o outro
Autora: Kamila Denlescki
Editora: Novo Século
Ano: 2009
Número de páginas: 231
Edição: 
ISBN: 978-85-7679-275-8
Palavras-chave: Literatura Brasileira, Século XXI
Revisão: Rinaldo Milesi
Skoob

Sinopse: 
Lucia tem uma vida monótona e previsível até vencer o concurso mais cobiçado do momento . Não apenas ganha uma viagem para Londres, como também um jantar com o ator inglês Richard Clevehouse.
O que era sorte, entretanto, muda de cor. Richard o belo ator de olhar sombrio, guarda um segredo : a vida de Lucia corre perigo . E ele fará de tudo para protegê-la, mesmo que em troca tenha que sofrer muito mais do que esperava.
Das certezas, apenas uma: Não há para onde fugir!

Espaço
     Alterna-se entre alguns locais.

• Caracterização: É uma caracterização muito, muito parecida com a dos livros de ação, ao mesmo tempo em que tem leve traços de romances como O Morro dos Ventos Uivantes (assim acredito eu), principalmente pelo tipo de narração (1ª pessoa). Uma descrição intrigante e bastante curiosa, visto que não é muito utilizada. E bem eficiente!


Tempo
         Este século.


• Caracterização: É um aspecto de média importância. Em dados momentos é bastante reforçado, em outros inferido pela tecnologia, linguajar, vestimentas das personagens.


Personagens
       As personagens são vistas de um modo misto, assim como acontece na descrição espacial. Como a narradora é a própria Lúcia, as personagens mais próximas dela (sua avó, sua irmã, Richard...) são vistas de um modo mais subjetivo e apegado (não só no sentido de afeição). Já as outras personagens ao redor são retratadas com um olhar mais clínico, objetivo, tal qual um livro de suspense e ação. As mais complexas, claro, são as que estão ao redor de Lúcia, mas as demais também apresentam profundidade condizente com o enredo.

Coerência entre espaço, tempo e personagens
        Considerando-se o que acima foi dito, espaço, tempo e personagens se entrelaçam muito bem. É notório que o aspecto principal são as personagens, mas tempo e espaço também têm importância fundamental no enredo, de modo que qualquer negligência quanto a elas poderia afetar a história de modo incisivo. A autora teve capricho ao uni-las e trançá-las com exatidão durante toda a sucessão dos fatos até o último ponto final.


Enredo
        O enredo é construído de forma gradual, tanto em fatos quanto em intensidade. No começo, é uma história mais calma, tranquila, até morna (não no sentido pejorativo; realmente, não há acontecimentos muito intensos). A partir do momento em que a história ganha aceleração (por conta das grandes transformações na vida de Lúcia e da própria ansiedade da personagem), o leitor é tragado mais e mais para dentro dela, como se puxado por uma força centrípeta (desculpem a analogia física, mas é exatamente esta sensação). A narração em primeira pessoa foi essencial para que tal sensação fosse possível. A autora também soube balancear o clima de amor com o suspense. Há somente algumas passagens (e personagens) que foram integrados à história e que poderiam ser removidos, já que não interagem significativamente a ponto de justificar-lhes a presença.
          OBS: Alguns têm reclamado das pontas que ficam "soltas" no enredo. Na verdade, elas são ganchos, pois Estrela Píer contará com uma continuação.

Capa e Sinopse
        A capa é muito, muito bonita. A combinação do preto com o branco é clássica e funciona muito bem (o subtítulo "a chuva" também combina muito com eles. Vale lembrar que preto+branco=cinza, e cinza é a tonalidade normal de um dia chuvoso). O coração vermelho dá um toque bom, mas não faz muita diferença. A sinopse cumpre seu papel: mostra o suficiente para que o leitor tenha vontade de continuar o enredo; mas poderia ser um pouco mais elaborada. Está muito simples e morna para uma história tão boa.

Estrutura física
     Excelente material de capa. Boa diagramação. Tamanho das letras poderia ser um pouco maior. A cor branca das páginas cansa por não ser um livro tão curto. É inodoro.


Gostou da obra?
       Gostei muito, muito, muito. No começo senti que ia ser algo do gênero de O Morro dos Ventos Uivantes (mas com o toque brasileiro que deixa tudo mais feliz - o clima da Inglaterra, creio eu, torna os escritores de lá muito misteriosos, tristes, sei lá... Ah, e não é que eu não goste da história da Brontë, embora não seja a minha predileta), mas a autora soube imprimir um tom de ação e suspense que me tragou para dentro do livro de uma maneira inexplicável. Gostei das personagens e, embora o senhor Richard seja o perfeitão-bonitão, gostei dele simplesmente por encontrar alguns defeitos velados (e acho que este foi mais um diferencial da autora - transformar o galã em algo mais humano).

Avaliação

Enredo (original, com intensidade crescente; algumas cenas dispensáveis): 4 (muito bom)
Capa e sinopse (esquema de cores excelente; sinopse muito simples): 4 (muito bons)
- Estrutura Física (bom material de capa; letras miúdas e cor branca das páginas cansa o leitor.): 3 (boa)
Espaço (caracterização alternada - inteligente): 5 (ótimo)
Tempo (média importância): 4 (muito bom)
Personagens (complexidade, caracterização subjetiva e objetiva torna o suspense e a personalidade das mesmas mais palpável): 5 (ótimas)
Fluxo narrativo (variação gradual, sem picos): 5 (ótimos)
Aspectos linguísticos (não há inconformidades): 5 (ótimos)

Nota: 4,3


Recomendações
A todos que gostem da literatura nacional e queiram um bom representante da mesma; a todos que gostem de um toque de literatura inglesa misturado ao enredo brasileiro; a todos que gostem de livros de ação; a todos que apreciem histórias de amor.

A Autora
Publicou seu primeiro livro, Estrela Píer, aos vinte e um anos. Estuda Comunicação da ECA/USP e trabalha como roteirista.



Obrigada à Kamila pelo exemplar. Resenha publicada no dia 01/03/2011, mas o blogger a deletou. Ei-la aqui atualizada de acordo com o novo critério de resenhas.

Share this:

COMENTÁRIOS

10 comentários:

  1. Ana!
    Acho bem interesante sua forma de resenhar.
    Estou com esse livro aqui para ler e vou se consigo ainda esse ano.
    Obrigada!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu li esse livro no inicinho do ano e amei.
    Realmente as letras são um pouco pequenas e o fato de as páginas serem brancas cansam um pouco, mas mesmo assim, eu devorei a leitura.

    Bjok

    ResponderExcluir
  3. Eu simplesmente amo esse livro, mas fiquei super triste depois que fiquei sabendo que a Kamila não iria publicar a continuação... o final de Estrela Píer me deixou MUITO curiosa, e sinceramente acho que daria uma ótima continuação (principalmente por causa dos ganchos que você comentou).
    Eu me apaixonei tanto pela protagonista quanto pelo Richard <3
    Mesmo que não vá ter uma continuação, recomendo esse livro para todos que curtem um bom romance! Vale a pena :)

    Abraços,
    http://leitorasanonimas.com

    ResponderExcluir
  4. Não me agradou muito não apesar da resenha positiva, parece mais do mesmo. Não entendi, é uma história sobrenatural? Você falou que deixou algumas pontas soltas e que vai ter uma continuação e li aqui nos comentários que não vai ter, procede?

    ResponderExcluir
  5. @RUDYNALVA Que bom que gosta do meu jeito de resenhar! Eu a faço com o maior capricho do mundo.
    Leia sim! Acho que vai gostar também. :D

    ResponderExcluir
  6. @Raquel Pereira Pois é, eu me surpreendi bastante com o livro! É como eu disse, estes são fatores que prejudicam um pouco a leitura, mas não a ponto de fazer o leitor parar.

    ResponderExcluir
  7. @Leitoras Anônimas Então não vai ter continuação? Puxa, que pena! Eu tinha visto que ela ia publicar, mas parece que ela desistiu então? Eu também acho que daria uma excelente continuação... Mas fazer o quê, né? Ficamos por aqui com o gostinho de quero mais!

    ResponderExcluir
  8. @Davi Araújo Ah, Davi, só parece mesmo. É quase um "pré-modernismo": estética nova, temática "velha", etc. Pois é, não encontrei nenhuma informação conclusiva acerca disso, mas vou perguntar para a autora e lhe respondo assim que tiver a resposta.

    ResponderExcluir
  9. Só 'ouço' falar bem do livro. Com certeza vai pra minha lista. Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Não gosto de O Morro dos Ventos Uivantes, só vi o filme mas enfim.

    Estava doida pra ler este livro, achava que era único. Então descobri que tinha continuação e vou esperar pra ler Estrela Pìer.

    ----Leituras & Fofuras----
    www.leiturasefofuras.com.br

    ResponderExcluir