Por que é que eu tenho um BLOG mesmo heim? (via Alquimia dos Romances)

Este é um post MUUITO interessante, válido e coerente que a Elimar, do Alquimia dos Romances, escreveu. Não vou colocar quebra de páginas nem me importar se vocês não comentarem aqui, contanto que leiam! E quem quiser discutir o assunto, leve a seu blog, comente aqui ou lá, mostre seu apoio!


"As vezes eu me faço essa pergunta aí do título... Fiz parte de uma comunidade do okut durante 7 anos. Lá, além dos inúmeros tópicos que li e participei, também fiz amizades que perduram até hoje. As meninas que aqui estão comigo - Andreia e Lucy - são duas das várias amizades que fiz nesse grupo. É bem verdade que Andréia é quem me atura mais, já que durante um papinho por telefone  (leia-se três horas), descobrimos que tinhamos mais coisas em comum do que o gosto por romances. Durante esse tempo, ri, chorei, me aborreci, me irritei... Nem sempre nessa ordem, mas aprendi algumas grandes lições, que carrego até hoje. As vezes (é bem verdade), me esqueço de algumas delas, mas o tempo e o destino se encarregam de me mostrar que o caminho que estou seguindo não é o mais acertado (para mim, é claro). Nesse curto tempo que me dedico ao ALQUIMIA DOS ROMANCES, tenho feito algumas amizades, que me mostram como é o universo da Blogsfera. O mais engraçado é que tenho tido experiências otimas on-line, mas pessoalmente, essas tem se mostrado em quase toda a sua totalidade, um verdadeiro desastre. Não que eu tenha um contato maior com as blogueiras cariocas, porque não tenho. Com exceção da Lia Christo do Blog Doces Letras (que conheci pessoalmente antes de ambas termos blog),   não sou próxima das outras. Fui a alguns eventos de blogueiras, gostei bastante, percebi que algumas são muito unidas, e que é  essa união que faz as coisas acontecerem.

Mas me questiono quando essa "união" se torna algo danoso. As "patotas" que se formam são inúmeras; você entra para um grupo e acha que deve ter prioridade sobre os outros. Começa a querer "organizar" as coisas de acordo com a sua própria comodidade, e exclui as outras. Pode não parecer, mas é isso que acontece. Você se apresenta com toda a humilde, e recebe um "oi"  atravessado.  Isso, quando elas não perguntam na cara dura: "Qual o seu blog mesmo heim?". Na ultima bienal, percebi como algumas blogueiras faziam questão  de mostrar intimidade com representantes de editoras, permanecendo o  tempo todo na frente da estande, na maioria das vezes atrapalhando o  fluxo de leitores que queriam um autógrafo da autora, ou até mesmo, que queriam comprar. Isso, quando não ignoravam solenemente os leitores que lá  estavam.  Alguns deles, que viajaram horas para pegar o autógrafo com seu autor favorito, e que foram obrigados a ouvir piadinhas e expressões de deboche por parte dessas pseudo-blogueiras. Por que blogueiro  de verdade respeita o leitor. Sabe que são eles que sustentam esse mercado editorial "pobre" que temos, que nos obriga a esperar meses por uma continuação, ou que nos faz gastar dinheiro comprando livros fora do Brasil.

Faz um tempo que percebi não sou blogueira. Não nesse sentido que abordei  acima. Se for esse o  universo que serei obrigada a conviver e me submeter, então, estou fora. Não vou abrir mão do blog nem das amizades que fiz aqui. Isso não faço mesmo. Mas não vou fazer uso do ALQUIMIA DOS ROMANCES, ele crescendo ou não, para se "achegar" a representantes de editoras e conseguir "vantagens" em eventos e promoções. Acho sim que os blogueiros devem ter eventos  próprios, onde editoras e autores conversem e exponham o seu trabalho, fazendo com que eles tenham acesso as informações e que as passem aos seus seguidores.  São as resenhas feitas por esses blogueiros que fazem a diferença entre  comprar e não  comprar  determinado livro ou série. Quantas vezes comprei livros depois das dicas da Kah do "Vício de Leitura", ou da Juliana do "Livros & Bolinhos". Foram inúmeras as vezes que fiquei acordada até 2 da manhã lendo os post do "Doce Encanto" da Rapha e do "Equalize de Leitura" da sua chará, Raffa. Foi na Bienal que fiz um escândalo,  quando  estava na fila da Anne Rice, e vi passando do meu lado a Angélica do Blog "Angel Books" (adoro o blog dela...Adoro). Mas acho extremamente injusto que alguns blogs formem "panelinhas" e e tratem as outras blogueiras como se não fossem nada. Não me refiro somente a blogs cujo os  proprietários sejam cariocas. Me refiro aos blogs que segregam e colocam as blogueiras iniciantes numa geladeira, não querendo que elas tenham voz, ridicularizando as tentativas que elas fazem de se manter viva e atuante da Blogsfera. Que cada blog mantenha sua individualidade e compartilhe boas ideias. Que a união se faça unicamente para  reforçar laços de amizade,  não  de interesse... Se esse não for um dos objetivos primordiais dos blogueiros, então eles se tornarão apenas um meio de divulgação barato e lucrativo para as editoras, onde o blog é apenas um meio para ganhar livros gratuitamente... Não acho que o esforço investido valha a pena... Aí, vai de cada um..."

Elimar

Share this:

COMENTÁRIOS

3 comentários:

  1. Eu sou apenas uma visitante nessa blogosfera literária e de uma forma ou de outra consigo perceber isso, mesmo sem frequentar esses eventos literários. Mas só agora sei que isso realmente acontece.
    Acho lastimável, pois essas pessoas que tais "pseudo-blogueiras" desprezam podem ser as mesmas que leem, seguem e geram visitas para seus blogs, sendo esse último o que muitas editoras levam em conta para as tais parcerias.
    Repito, não tenho blog literário, e posso não estar dizendo coisa com coisa, mas é isso que tenho observado nessa minha vida de visitante.

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana!

    Que post esse, hein? Faz a gente pensar em muita coisa com certeza.

    Sabe que eu tenho me feito a mesma pergunta? Por que é que eu tenho um blog mesmo? Para me divertir, me distrair, fazer amizades, praticar minha escrita, compartilhar ideias e emoções... mil coisas! E com certeza não é isso que vem acontecendo. Também me sinto bastante excluída às vezes, e com muita dificuldades para me inserir na "blogosfera". Mas quer saber? Dane-se! Eu sei o tipo de texto e de ideias que quero compartilhar e tô tentando abrir meu espaço no peito, e na honestidade. E é isso que me fazer ter forças para continuar.

    Então amiga, prepara-se. O Pronto.Falei! está voltando com força total! rsrs

    B-jusssss! ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana ! Adorei o texto da Elimar! E acho que ela está certa sim, tem certos tipos de blogueiros ( ou melhor pseudo-blogueiros ) que não dão a minima para quem tem blogs menores oO' , ficam somente entre suas amizades oO', e eu acho bem feio da parte deles ._. , eles não foram para a escola e aprenderam que temos que respeitar os outros e tentar fazer novas amizades não ? oO'.

    Mas enfim, eu não ligo \õ/ , cada um faz da sua vida o que bem entender ._. , seja isso certo ou não para mim ._. . Só posso sentir pena de gente desse tipo ._. .


    Bjão,

    Cantinho de uma garota
    @thalita0liveira

    ResponderExcluir