RESENHA: Eldest - Christopher Paolini (Ciclo da Herança #2)



ELDEST
Autor: Christopher Paolini
Editora: Rocco
Ano: 2006
ISBN: 8532520758
Número de Páginas: 643
Skoob

Sinopse: A narrativa de Eldest começa três dias após a cruel batalha travada por Eragon para libertar o Império das forças do mal. Agora, o Cavaleiro de Dragões se vê envolvido em novas e emocionantes aventuras. Em busca de um tal Togira Ikonoka - "O Imperfeito que é Perfeito" -, que supostamente possui as respostas para todas as suas perguntas, Eragon parte, junto com Saphira, o dragão azul que o acompanha desde o início da aventura, para Ellesméra, a terra onde vivem os elfos. Lá, eles pretendem aprender os segredos da magia, da esgrima e aperfeiçoar o seu domínio da língua antiga.
Em sua jornada, que também é uma caminhada para a maturidade, Eragon conhece seres e lugares diferentes e se apaixona por Arya, filha da rainha Islanzdaí. Mas também descobre que nem tudo é o que parece. Conflitos e traições aguardam o jovem herói e por um longo tempo ele não tem certeza em quem pode confiar. Os desafios de Eragon são entremeados pela luta de Roran, cuja importância aumentou em relação ao primeiro livro, formando narrativas paralelas que se juntam no fim com um único objetivo: derrotar o grande rei.
Mais maduro e preparado, Eragon consegue afastar o exército inimigo por algum tempo. A vitória definitiva, no entanto, só acontece depois da revelação de um grande segredo, que fará com que Eragon e Roran se unam novamente e decidam partir para uma nova e perigosa missão, que parece ser o ponto de partida do terceiro livro: salvar a noiva de Roran, Katrina, dos Ra´zac.



Introdução
O livro continua a saga de Eragon, o garoto que se tornou Cavaleiro do Dragão. Ele e Saphira acabam de sair de sua primeira mais importante batalha, que custou a Eragon uma lembrança viva do espectro Durza.

Capa
Chamativa, vermelha, mais agressiva que a primeira, sem retirar seus elementos clássicos.

Estrutura
Narrado em terceira pessoa e de forma onisciente, Eldest (o mais velho) é o segundo livro do ciclo da herança. Passa-se na Alagaësia, onde Eragon e Saphira vão, junto com Arya (a princesa elfo), para Ellesméra. A narrativa tem uma sequência paralela com Roran, primo de Eragon, que não poupará esforços para salvar o povo de Carvahall e sua amada Katrina das mãos dos Ra'zac e de Galbatorix. Essa estrutura permite ao livro ser mais contextualizado, além de mais atrativo, pois alterna picos de tensão e tranquilidade sem cansar o leitor.

Análise
Enredo previsível em quase todo o livro a partir da previsão da herbolária Ângela, o que pode ser proposital pela surpresa que o escritor guarda para o final. As descrições perfeitas aliadas aos costumes perfeitamente verossímeis e a criatividade como foram criados auxilia no deslumbramento do leitor com esta obra, sem torná-la cansativa. O romance de Eragon e Arya é uma particularidade extremamente irritante no livro inteiro.

Nota da Leitora: O enredo, em um primeiro momento, me foi totalmente previsível. Até perto da segunda grande batalha, eu já havia traçado o que iria acontecer a partir da previsão de Ângela, a herbolária. Até os acontecimentos envolvendo Saphira não me surpreenderam! Isso, apesar da estrutura ser muito boa, tiraria pelo menos da metade da nota máxima para este livro. Uma reviravolta, no final, "salvou" Eldest de uma péssima classificação. Revi a história e, embora previsível na maioria do tempo, aquela surpresa compensava muitos dos desgostos que tive pelas frivolidades do percurso em Eldest. O nome do livro, inclusive, é algo que não havia pensado antes e que me foi imprescindível para a surpresa que tive no final.

Avaliação:
- Nota de Capa: 8
- Nota de Enredo: 7
- Nota de Coerência e Coesão: 8
- Nota de Gramática: 8
- Nota de caracterização das personagens e ambientação da história: 8
- Nota da Tradução: 8
- Nota do Final: 9 (pela surpresa).

Nota: 8



Recomendações
Para os que já leram Eragon e gostaram, além de manter a sequência lógica; Brisingr promete, portanto é bom ler os anteriores para não se perder.

O Autor
Christopher Paolini nasceu no dia 17 de Novembro de 1983 no sul da Califórnia. Exceto por alguns anos em Achorage, no Alasca, ele passou a vida inteira no Paradise Valley, em Montana, onde ainda reside. Ele vive com os pais e a sua irmã mais nova, Angela, numa rústica quinta nos bancos de Yellowstone River. Eles têm dois animais de estimação: Otis, um gato preto e branco e Annie, uma cocker frisada. Christopher foi educado pelos seus pais. Ele frequentemente escrevia pequenas histórias e poemas, fazendo visitas à biblioteca e lendo muito.


Share this:

COMENTÁRIOS

4 comentários:

  1. AAAH sou suspeito pra falar desse livro, mesmo não tendo livro ele OISDIODIOSDISI adoro a série de Eragon, tenho o primeiro e estou esperando os outros dois entrarem na promoção de novo - perdi a promo quanto eles estavam 9 reais *DIE*

    tudo por um livro -http://issotudoporumlivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Amei os dois primeiros da série, ainda não li o brisingr, mas está la lista. O que surpreende é o Paolini ter escrito tão jovem uma história tão boa!

    ResponderExcluir
  3. Dei uma lida meio por cima da sua resenha, afinal Eragon, Eldest e Brisingr estão me esperando bonitinhos na minha estante, porém o tempo não tem colaborando comigo 'Haha. Enfim, adorei a sua resenha xD

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  4. Já tentei ler esse livro duas vezes, mas sempre no final acontece algo que não consigo terminar.
    Um dia desses eu tento novamente.
    Bjos, Carol.

    ResponderExcluir