RESENHA: Segunda Dose - Kelvim Vargas Inácio



SEGUNDA DOSE
Autor: Kelvim Vargas Inácio
Editora: Baraúna
Número de páginas: 318
Ano: 2010
ISBN: 978-85-7923-240-4
Página no Skoob


Sinopse: "[...] Eram, aproximadamente, 9 horas da manhã de uma terça-feira. Renato, agora, estava em pé, em cima do parapeito da cobertura de seu prédio. A essa altura, ainda embriagado e atônito, já não se importava mais com sua vida social, seu trabalho e com suas obrigações cotidianas inerentes a todo e qualquer homem, pensava apenas em se livrar da forte dor que habitava em seu peito. A morte flertou com Renato, e ele sorriu."

Detentor de uma vida desregrada, baseada na mistura whisky-cerveja-vinho, Renato Duarte ia passando os dias como se estivesse no piloto automático. Sua pacata rotina só é ameaçada quando conhece Júlia - uma mulher irremediavelmente perfeita.
Ao envolver-se precocemente com outra mulher, contudo, sua vida toma um rumo inesperado, de modo que o responsável pelo RH de uma das maiores empresas do país se vê ilhado em um mar de dúvidas e decepções.
Numa urgência sem precedentes, precisa decidir-se entre as duas inacreditáveis mulheres que acabaram se apossando de seu coração, bem como driblar Flávia - sua inconveniente ex-esposa -, que ainda sonha em reatar os laços matrimoniais dissolvidos há alguns anos.
Precisa da dose certa. Daquela que somente o caminho complicado é capaz de apontar.

Introdução
Como supracitado, o livro retrata uma fase da vida de Renato Duarte, responsável pelo RH da Dutra Exportadora de Móveis, dividido entre dois amores e uma mulher do passado.

Estrutura
É um romance introspectivo, psicológico. Narrado em 3ª pessoa do singular e de modo onisciente, também é construído em torno dos pretéritos perfeito e imperfeito, ambientado em Porto Alegre, mais especificamente na Exportadora e no apartamento de Renato.

Análise
Os personagens, de um modo geral, são aprofundados ao longo do livro (como é o caso de Júlia, Dona Sandra, Henrique, Camila) à exceção do protagonista, a quem se conhece de forma mais profunda logo nos primeiros capítulos em uma análise comportamental. São complexos (como a maioria dos livros não apresenta) e têm funções decisivas em cada passagem de Renato, o aspecto central.
Em compensação, o ambiente externo é relegado a segundo plano, muito embora isto não prejudique a leitura em nenhum aspecto. O foco central é o aspecto interno de cada personagem, sendo o ambiente descrito apenas em situações em que seja determinante para a construção das sucessões narrativas.
Coerente, podendo-se considerar um romance desmontável em determinadas passagens (a exemplo de Vidas Secas, Graciliano Ramos), o que favorece a leitura e impede que haja a costumeira dispersão da linearidade natural.
Início forte, sucessões sólidas, final um tanto arenoso, pecando em alguns aspectos de "mistério". Um dos erros foi justamente a tentativa de imantar o leitor mais à proposta em virtude do final incerto.
De modo geral, uma temática bem diversificada e um romance linear com aspectos interessantes. A ex-mulher representando o passado, Camila representando a mulher "digna de casamento", prendada, "clássica"; Júlia, sensual e ousada como a mulher moderna consegue ser. Uma tríplice muito bem trabalhada em torno de elementos como preconceitos familiares e temática profissional.
Sintetizando, uma leitura extremamente compensadora, mesmo com os erros (que são, facilmente, perdoados).
A capa é um atrativo sem limites para a leitura. Com uma população que em sua maioria bebe razoavelmente, tal nome e tal temática certamente atrairá desde os mais relapsos quanto à leitura aos mais aficcionados por esta.

Avaliação:
- Nota de Capa: 10
- Nota de Enredo: 8
- Nota de Coerência e Coesão: 9
- Nota de Gramática: 10
- Nota de caracterização das personagens e ambientação da história: 8
- Nota do Final: 6

Nota final: 8,5


Recomendações
Aos que apreciarem a boa literatura nacional para conhecerem outros ambientes, outras temáticas, propostas criativas.

O Autor
"Nasci em Porto Alegre/RS, no ano de 1982. Com 15 anos, mudei-me para a Cidade de Lauro Muller, localizada no interior de Santa Catarina, local que resido desde então. Hoje, com 28 anos, sou casado, bacharel em direito e servidor do Poder Judiciário do mesmo Estado. Sou um apaixonado pela arte de escrever e pela leitura, de modo que decidi encarar o desafio de escrever meu próprio romance - o primeiro de outros que virão. Para conhecer mais sobre meu livro, intitulado "Segunda Dose", acesse o site www.segundadose.com"

Share this:

COMENTÁRIOS

2 comentários:

  1. Olá!
    Meu nome é Kelvim Vargas Inácio. Sou o autor do livro Segunda Dose, da Editora Baraúna.
    Achei bem legal a resenha. Gostei bastante da sua opinião.
    Discordo um pouco quanto à nota dada ao final do livro, porquanto julgo o ponto alto do livro.
    Achei interessante você dizer que os personagens foram bem construídos. De fato, preocupei-me bastante na elaboração dos mesmos.
    Enfim, gostei muito da resenha, sobretudo da forma como você expôs os aspectos da obra.
    Parabéns pelo blog!
    Para quem quiser conhecer mais sobre o livro, basta acessar o site www.segundadose.com
    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana!
    Não conhecia esse livro, mas gostei da sua resenha, a história parece interessante.
    Mas pela capa eu não compraria, não faço parte da maioria da população que bebe razoavelmente :P
    Beijos

    ResponderExcluir