INFORMAÇÃO: Saem os ganhadores do Pulitzer, prêmio de maior prestígio literário dos EUA

A Universidade de Columbia, em Nova York, anunciou nesta segunda-feira (18) os vencedores do Pulitzer 2011, o prêmio de literatura, jornalismo e artes de maior prestígio nos Estados Unidos.

O prêmio em dinheiro para cada um dos vencedores é de US$ 10 mil, R$ 16,4 mil.

Na categoria ficção, a escritora Jennifer Egan venceu por "A Visit from the Goon Squad". O livro, que venceu o National Book Critics Circle Award em 2010, é inovador na estrutura narrativa. Alguns críticos o classificam como romance, outros como coleção de contos.

"Uma História a Três" foi o único título da autora publicado no Brasil. Em 2001, a Record editou o livro que está fora de circulação.

O historiador Eric Foner recebeu o prêmio na categoria livro de história por "The Fiery Trial: Abraham Lincoln and American Slavery". O autor tem publicado no Brasil outro livro relacionado à escravidão americana. "Nada Além da Liberdade", foi editado em 1988, pela Paz e Terra. Também está fora de circulação no país.

Na categoria biografia, Ron Chernow venceu por "Washington: A Life". Chernow foi publicado no Brasil uma única vez no Brasil com "A Morte dos Banqueiros", em 1999, pela Makron Books.

A poeta Kay Ryan recebeu o prêmio pela seleção de novos poemas "The Best of It". Já o médico e biógrafo indiano radicado nos Estados Unidos Siddhartha Mukherjee, venceu na categoria não ficção por "The Emperor of All Maladies: A Biography of Cancer", um livro que aborda em tom biográfico o surgimento do câncer.

Na categoria teatro, o dramaturgo Bruce Norris venceu com a peça "Clybourne Park". O compositor chinês Zhou Long ganhou o prêmio musical pela ópera "Madame White Snake".

Prêmios artísticos e editoriais

Ficção: "A Visit from the Goon Squad", de Jennifer Egan

Teatro: "Clybourne Park", de Bruce Norris

História: The Fiery Trial: Abraham Lincoln and American Slavery", de Eric Foner

Biografia: "Washington: a Life", de Ron Chernow

Poesia: "The Best of It: New and Selected Poems", de Kay Ryan

Não ficção: "The Emperor of All Maladies: A Biography of Cancer", de Siddharta Mukherjee

Música: "Madame White Snake", de Zhou Long

Prêmios jornalísticos

Serviço público: "The Los Angeles Times"

Cobertura especial: nenhum premiado

Reportagem investigativa: Paige St, John, do "Sarasota Herald Tribune"

Reportagem analítica (Explanatory reporting): Mark Johnson, Kathleen Gallagher, Gary Porter, Lou Saldivar e Alison Sherwood, do "Milwaukee Journal Sentinel"

Reportagem local: Frank Main, Mark Konkol e John J. Kim, do "Chicago Sun Times"

Reportagem nacional (EUA): Jesse Eisinger e Jake Bernstein, do ProPublica

Reportagem internacional: Clifford J. Levy e Ellen Barry, do "New York Times"

Escrita jornalística: Amy Ellis Nutt, do "Star-Ledger" de Newark

Comentário: David Leonhardt, do "New York Times"

Crítica: Sebastian Smee, do "Boston Globe"

Escrita editorial: "Joseph Rago, do "Wall Street Journal"

Cartum: Mike Keefe, do "Denver Post"

Fotografia em cobertura especial: Carol Guzy, Nikki Kahn e Ricky Carioti, do "Washington Post"

Fotografia: Barbara Davidson, do "Los Angeles Times"

Share this:

COMENTÁRIOS

1 comentários:

  1. Oi Ana!
    Me senti por fora agora, não conheço nenhum autor...
    Beijos

    ResponderExcluir