RESENHA: Maysa - Só numa multidão de amores - Lira Neto


MAYSA - SÓ NUMA MULTIDÃO DE AMORES
Autor: Lira Neto
Editora: Globo
Número de Páginas: 400
Ano: 2007
ISBN: 9788525043030
Página no Skoob

Sinopse: Deusa das canções de dor-de-cotovelo", "rainha da música de fossa", "Edith Piaf dos trópicos", a cantora e compositora Maysa foi uma personalidade muito mais complexa do que sugere sua imagem pública. Autora de clássicos da música brasileira como "Ouça" e "Meu mundo caiu", a artista nascida no Rio de Janeiro em 1936 é tema dessa biografia escrita pelo jornalista Lira Neto a partir de pesquisas em arquivos familiares, de entrevistas com cerca de 200 pessoas (parentes, amigos, ex-namorados, ex-maridos, músicos, produtores) e, sobretudo, com base no acesso irrestrito ao diário íntimo de Maysa. O resultado é um retrato cheio de nuances de uma cantora que não apenas se tornou um ícone da vida boêmia, mas foi ela mesma uma cronista da vida noturna, escrevendo as letras de muitas de suas canções - num trânsito incessante entre as figuras da musa e da poeta.

Introdução
O livro relata a história de Maysa, uma das maiores cantoras da música brasileira, através de relatos de pessoas próximas sob um viés “carinhoso”, afetivo sobre mulher que foi.

Estrutura
O livro é muito gostoso de ler, não entrava durante as passagens e é leve, apesar de algumas passagens tristes da vida da cantora. Escrito em um estilo jornalístico, e, ao mesmo tempo, “informal”. Combinação perfeita!

Capa
A capa fala por si só. A imagem de Maysa sempre impactou seus fãs (e quiçá seus inimigos), e no livro não é diferente.

Análise
Não sou muito fã de biografias, como devo ter saturado de tanto dize-lo; este livro, porém, está mudando meus conceitos. Vejo a cantora por um viés tão próximo que quase consigo me ver a seu lado, e enxergá-la pelos olhos de seus amigos e familiares, não somente do público. É, sem dúvida, uma das melhores biografias que já li, à altura de sua diva inspiradora.

Por que escolhi este livro?
Sempre tive curiosidade para saber mais sobre a vida polêmica desta personagem tão brasileira.

Avaliação:
- Nota de Capa: 10
- Nota de Enredo: 9
- Nota de Coerência e Coesão: 10
- Nota de Gramática: 10
- Nota de caracterização das personagens e ambientação da história: 9

Média: 9,6

Nota do Livro

Recomendações
Para pessoas que, assim como eu, não gostem de biografias e queiram mudar seus conceitos; também para aquelas que gostariam mais de saber sobre a cantora que marcou o Brasil.

O Autor
Jornalista e escritor nascido em Fortaleza (CE), em 1963, e atualmente vivendo em São Paulo (SP). Escreveu, entre outros livros, Padre Cícero: Poder, fé e guerra no sertão (Companhia das Letras, 2009),Maysa: Só numa multidão de amores (Globo, 2007), O Inimigo do Rei: Uma biografia de José de Alencar(Globo, 2006, vencedor do Prêmio Jabuti de Literatura) e Castello: A marcha para a ditadura (Contexto, 2004).


Esta resenha faz parte de:



Share this:

COMENTÁRIOS

2 comentários:

  1. Olha, não foi só você...ao longo do desafio de fevereiro, vi muito gente revendo os seus conceitos no que diz respeito às biografias. Quanto à Maysa, uma mulher que canta daquele jeito deve ter uma história de vida muito intensa, né? Ótima escolha!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Não li o livro mas vi a série que passou na tv. Gostei... até baixei algumas músicas dela.
    Bjos, Carol.

    ResponderExcluir