RESENHA: Livro "O Rei da Rua" - Jorge Fernando dos Santos


O REI DA RUA
Autor: Jorge Fernando dos Santos
Ilustrações: Liz Medeiros
Ano: 1993
Número de Páginas: 76
ISBN: 85-7056-545-3
Editora: Atual
Edição: 11ª
Série: Conte Outra Vez

Conteúdo (Sinopse):  "[...] Adilson tenta passar para Julinho Cocota, mas é in-ter-cep-ta-do por Dálcio, que lhe rouba a pelota, colocando-a de presente nos pés de Chico Lampreia... Mas que revelação esse Dálcio, senhores ouvintes! Esse garoto tem futuro. Ouçam o que lhes digo. E lá vai o RRRei da RRRua Belmiro. Passa por Zequinha, que vem pela sua direita. Dribla Julinho Cocota e telegrafa para Zé Bernardes na boca da área. Zé Bernardes, de calcanhar, embaixo das pernas do goleiro... É gol! Gooooooolllllll... do Es-par-ta. Tá lá, no filó. É o merecido e esperado desempate..."

Depois de suportar muita provocação, Adilson aceita o desafio de Chico Lampreia, o Rei da Rua: uma partida decisiva. Quem vencerá? Não se trata de uma pelada comum. Estão em jogo a liberdade, a harmonia e o prazer da garotada do bairro.

Introdução
O livro trata sobre a disputa de controle da Rua Belmiro e outras ruas do bairro entre Adilson e Chico Lampreia.

Estrutura
O livro é relativamente curto, mas uma leitura muito agradável, que faz recordar as aventuras de infância e pré-adolescência, sejam meninos ou meninas que o leiam. É leve, flui com facilidade, e também é divertido. Uma ótima leitura para quem dispõe de pouco tempo para ler e quer ter em mãos um livro bom.

Análise
O livro é uma delícia de ler, faz lembrar os tempos das paqueirinhas sem compromisso e sem seriedade da pré-adolescência, as brigas entre o controle do bairro pelos meninos (e até pelo coração das meninas). Esse livro se tornou um de meus favoritos, e sempre que puder estarei relendo, pois não demora muito tempo e é uma leitura saudosista e cheia de criatividade. Além disso, é de 1993, um tempo em que as crianças não tinham acesso à internet, e talvez por isso se destaque entre os demais.

Recomendações
Para quem quer uma leitura fácil, rápida, que flui e que é divertida, além de saudosista.

O Autor



Jorge Fernando dos Santos (23 de Abril de 1956 - ) é um escritor, poeta, cronista e dramaturgo brasileiro. Acesse o Blog do Escritor.






Essa resenha faz parte de:



Share this:

COMENTÁRIOS

15 comentários:

  1. Olá Ana,
    Livro não tem idade, não é mesmo? Não importa quando foi escrito e nem a idade de quem irá ler.
    É um negócio curioso isso.
    Eu confesso que não sou leitor assíduo de livros, mas minha filha simplesmente devora livro atrás de livro. Esse ela não leu ainda, e estou repassando a indicação.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Mto legal!
    Nunca tinha conhecido o livro!

    Adoro leituras faceis.

    Bj
    Pri
    Entre Fatos & Livros

    ResponderExcluir
  3. Adoro conhecer escritores nacionais, ainda não li esse livro, mas sua resenha ficou ótima! Parabéns!
    As vezes é bom pegar esse livros levinhos né?!

    ResponderExcluir
  4. Parece uma história deliciosa, Ana. Gostei de ter incluido em sua resenha uma minibio do escritor. Ótima participação.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Muito legal!!! Eu tenho dois filhos pequenos e acho que eles vao adorar!!!!!!! Boa escolha. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua resenha, não conhecia o livro ainda!
    Seu blog é lindo e muito caprichado! Parabéns pelo bom gosto!

    beijos!
    Sandra
    http://apenasumavez.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela escolha do livro e um PARABÉNS maior ainda por divulgar autores brasileiros que escrevem para o público infantil. Temos muitos talentos aqui no Brasil.
    Concordo com Vivi, achei super bacana você ter colocado uma mini biografia doa autor.
    Abs, Rê

    ResponderExcluir
  8. Lembrei da Turma da Mônica, por cauda da disputa pelo controle da rua. Saudades!

    Beijos
    ancalimefamily.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Gostei do titulo, e parece legal de ler mesmo! XD

    ResponderExcluir
  10. Que bacana a estrutura da tua resenha, adorei!
    Li este livro há um tempão nem me lembrava mais hehehehe é bem divertido.
    estrelinhas coloridas...

    ResponderExcluir
  11. Não sei se leria esse livro! Me lembrou os que eu lia na época da escola, as professoras me obrigavam a ler enquanto eu queria ler era Sidney Sheldon e Harry Potter.
    Tenho trauma desses livros paradidáticos.
    Bjos, Carol.

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha, acho que já ouvi falar desse livro. Ele me é familiar.
    Bjos, Maria.

    ResponderExcluir
  13. Ana Clara Rodrigues5 de setembro de 2013 16:07

    eu adorei o livro ele é muito fácil de entender. Li ele com minha turma, pq precisava para a escola. Ótimo...

    ResponderExcluir